Busca:

Bovespa fecha com prejuízo de 18,11%


A Bolsa brasileira fechou no azul ontem, no último pregão do ano, numa sessão marcada por volatilidade e poucos negócios. Mesmo assim, não conseguiu reverter o prejuízo acumulado ao longo de 2011, e registrou o segundo pior resultado em uma década.

DOL5

O Ibovespa, principal índice de ações na Bolsa paulista, fechou o dia em alta de 0,39%, aos 56.754,08 pontos. A sessão movimentou apenas R$ 5,2 bilhões. No acumulado de 2011, porém, a Bovespa registrou um prejuízo de 18,11%.

Foi ainda o terceiro pior resultado da Bolsa desde o início do plano real, em 1994.

O pior desempenho aconteceu em 2008, em meio à crise financeira global, quando o índice registrou perdas de 41,22%. O segundo pior foi em 1998, quando a Bolsa acumulou queda de 33,46%. Hoje (30), não haverá expediente bancário, nem negócios nos mercados financeiros do país.

Bovespa é única aplicação com prejuízo entre seis investimentos avaliados A Bolsa brasileira foi a única entre seis aplicações a registrar prejuízo este ano, segundo levantamento da consultoria Economatica. A melhor aplicação do ano foi do ouro, com valorização de 16,46%. Em seguida aparece o dólar Ptax Venda, com alta de 11,84%.

O dólar comercial terminou o dia no vermelho ontem, quebrando uma sequência de quatro altas diante do maior apetite por risco nos mercados internacionais após dados positivos nos Estados Unidos. Mas a cotação disparou no acumulado do ano, registrando a maior variação desde 2008, ano da crise financeira internacional.

Post Relacionados

1 Comentário

RSS de comentários. TrackBack URI

  1. […] Depois de abrir em baixa, o cotação inverteu no meio da jornada e chegou a bater em R$ 1,876, na máxima do dia. Mas fechou com o mesmo valor do último pregão do ano passado. […]

    Pingback por Dólar fecha estável no primeiro pregão do ano, cotado a R$ 1,869 — 15 de junho de 2012 #

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil