Busca:

Categoria Arquivos: Dolar turismo cotação

BC está incomodado com a queda do dólar


Desde o início deste ano o dólar se desvalorizou 8,5% frente ao real. Uma luz amarela se acendeu em Brasília. Será que o preço da moeda americana chegou ao limite de baixa?

DOL8

A pergunta apareceu no mercado financeiro porque o Banco Central está mais atuante no mercado de câmbio para segurar a desvalorização do dólar e, consequentemente, evitar que o real fique mais valorizado.

Nesta quinta-feira (23), o BC entrou com todas as armas no mercado de câmbio para segurar a cotação do real. Primeiro, oferecendo 40 mil contratos de uma operação chamada de swap cambial, que nada mais é do que mais um instrumento que retira dólares do mercado de derivativos, o que também influencia na formação do preço da moeda. Desse total, só conseguiu vender 3 mil e 500 contratos, porque não aceitou pagar o prêmio pedido pelo mercado.

Mais

Dólar cai 0,41% mesmo com atuação do Banco Central


O dólar caiu ao menor nível em quase quatro meses ante o real nesta quarta-feira, refletindo ingressos de recursos melhorando nas últimas horas dessa sessão pós-Carnaval. Com isso, o Banco Central voltou a intervir no mercado por meio de um leilão de compra de dólar no mercado à vista, para evitar que a moeda norte-americana rompa o patamar de 1,70 real.

DOL9

Mesmo assim, a moeda norte-americana caiu 0,41 por cento, para 1,7070 real na venda. É o menor patamar desde 31 de outubro, quando a cotação terminou em 1,7026 real na venda. Ao longo da jornada, a taxa de câmbio oscilou entre mínima de 1,7042 real (-0,57 por cento) e máxima de 1,7175 real (+0,20 por cento).

A entrada de fluxo no país puxava a cotação do dólar para baixo, segundo o operador de câmbio da corretora Renascença José Carlos Amado. “Num dia de baixa liquidez, pequenas entradas de dólar já são suficientes para desvalorizar a moeda”, afirmou.

Mais

Dólar cai com esperança por Grécia, atento ao BC


O dólar fechou em baixa diante do real nesta sexta-feira, refletindo o otimismo no cenário internacional, mas com a queda limitada pela apreensão quanto à possibilidade de o Banco Central voltar a intervir no câmbio.

DOL12A moeda dos EUA fechou em queda de 0,29 por cento, a 1,7140 real. Em relação a uma cesta de moedas, o dólar operava perto da estabilidade, com variação positiva de 0,02 por cento.

No cenário internacional, cresceu a expectativa em relação a um segundo resgate financeiro para a Grécia, a ser aprovado pelos ministros das Finanças da zona do euro na próxima segunda-feira.

A redução do temor de um calote desordenado do país favorece o apetite por risco e tende a enfraquecer o dólar.

Mais

Dólar fecha em queda com otimismo por dados dos EUA


O dólar fechou em queda diante do real nesta quinta-feira, depois de ter ficado em alta pela manhã, numa trajetória que acompanhou a melhora no humor dos mercados internacionais após a divulgação de dados acima do esperado sobre a economia norte-americana.

Dollars funnel.

A divisa dos Estados Unidos encerrou em baixa de 0,25 por cento, a 1,7189 real. Em relação a uma cesta de moedas, o dólar tinha queda de cerca de 0,40 por cento.

Pela manhã, a cotação foi pressionada para cima pela aversão dos investidores aos ativos de risco diante do atraso na aprovação de um pacote de ajuda financeira à Grécia.

À tarde, no entanto, indicadores econômicos nos EUA continuaram mostrando resiliência na maior economia do mundo, enquanto a Grécia voltava a sinalizar estar próxima de um acordo.

Mais

Ibovespa tem forte valorização e dólar diminui


O principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa), opera em forte alta nesta segunda-feira. Por volta das 11h10, aumentava em 1,18% aos 64.752 pontos, enquanto o dólar despencava 0,40% em relação ao real, com cotação de R$ 1,79 na venda e R$ 1,717 na compra.

DOL2Na Grécia, a aprovação das medidas de austeridade ocasiona a desvalorização da moeda norte-americana frente a outras moedas. O Estado grego deve receber nova linha de crédito de 130 bilhões de euros do Fundo Monetário Internacional (FMI), Banco Central Europeu (BCE) e Comissão Europeia, que juntos compõem a “Troika”. A cotação do euro estava a US$ 1,326, com alta de 0,54% em relação ao dólar.

Mais

BC volta a fazer leilão à vista e dólar sobe 0,59%


Com a realização de um leilão de compra de dólares no mercado à vista pelo Banco Central, movimento que não fazia há cerca de cinco meses, o dólar fechou em alta nesta segunda-feira, interrompendo uma sequência de quatro baixas.

DOL8

O dólar fechou em alta de 0,59 por cento, a 1,7273 real na venda.

Foi o segundo dia seguido em que o BC interveio para segurar a cotação da moeda norte-americana. Na sexta-feira, a autoridade monetária realizou um leilão de compra de dólares a termo.

Na operação desta segunda-feira, o BC definiu como corte a taxa de 1,7170 real por dólar. No momento do leilão, a moeda norte-americana registrava baixa, sendo que na mínima do dia, chegou a 1,7127 real. Na máxima, a moeda norte-americana chegou a 1,7358 real.

Mais

Dólar contraria exterior; fecha em alta com pouca liquidez


A cotação do dólar frente ao real seguiu tendência contrária à dos mercados externos nesta quarta-feira, dia de pouca liquidez nas negociações domésticas por causa do feriado na cidade de São Paulo.

DOL7

A moeda norte-americana fechou em alta de 0,49 por cento, a 1,7610 real na venda, depois de ter encerrado praticamente estável na véspera, quando subiu apenas 0,02 por cento.

A taxa de câmbio abriu a quarta-feira em alta e chegou a atingir 1,7653 real por dólar na máxima. No exterior, as preocupações com as negociações sobre a dívida da Grécia continuaram a dividir a atenção dos investidores, juntamente com balanços decepcionantes de grandes empresas, como a Ericsson.

Mais

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil