Busca:

CNI prevê crescimento do PIB de 3% no ano que vem


O Produto Interno Bruto deverá crescer 3% em 2012, numa expansão similar à deste ano, prevista para 2,8%. Essas são as estimativas da Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgadas nesta quarta-feira.

DOL10

A CNI estima que o PIB industrial do ano que vem terá crescimento de 2,3%, contra 1,8% neste ano. “A maior contribuição ao crescimento ainda virá do consumo doméstico, que deverá expandir 4 por cento e contribuir com 2,6 pontos para a elevação do PIB”, informou a CNI em nota. “Esse é o resultado da combinação do aumento do salário mínimo, do relaxamentto dos controles monetários, e da expansão nos gastos públicos.”

Para a inflação, medida pelo IPCA, a indústria estima que ela deverá cair dos 6,5% estimados para este ano para 5,2% em 2012.

A formação bruta de capital fixo deverá ter no ano que vem expansão similar à de 2011: 5% contra 4,8% previsto para este ano.

Em relação à taxa de juros, a CNI estima que ela cairá mais um ponto percentual em 2012, chegando ao final do ano em 10%.

A CNI prevê também que o superávit primário ficará em 3% do PIB no ano que vem, contra 3,25% visto para este ano.

A indústria estima ainda que a dívida pública líquida deverá ser reduzida de 39,1%, neste ano, para 38,6% no ano que vem.

Para o câmbio, a previsão é de quase estabilidade, com a cotação do dólar saindo de R$ 1,79 para R$ 1,80 em dezembro de 2012.

A CNI acredita que o saldo comercial se reduzirá no ano que vem de US$ 28,8 bilhões para US$ 20,8 bilhões. O deficit em conta corrente é previsto em US$ 56 bilhões em 2012, contra US$ 50 bilhões neste ano.

Post Relacionados

Sem comentários

RSS de comentários. TrackBack URI

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil