Busca:

Dólar perfura a faixa dos R$ 1,60 apesar de medidas


A cotação do dólar comercial fechou em forte baixa de 1,86%, nesta quinta-feira (7), a R$ 1,584 na venda. A moeda norte-americana registra o menor valor desde o dia 6 de agosto de 2008 (quando valia R$ 1,578). O aumento da restrição sobre os empréstimos externos fracassou em reduzir a queda do dólar.

Desde esta quinta-feira as empresas que tomarem empréstimos de menos de dois anos no exterior vão pagar 6% de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras).

A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) fechou em alta. O Ibovespa (principal índice da Bolsa paulista) subiu 0,2%, aos 69.176,12 pontos.

O Banco Central (BC) realizou dois leilões para a compra de dólares no mercado à vista no pregão de hoje. As taxas aceitas foram de R$ 1,594 e R$ 1,586. A medida busca elevar a cotação da moeda.

Ao mesmo tempo em que o dólar à vista fechava, o Ministério da Fazenda convocava a imprensa para um novo comunicado do ministro Guido Mantega, às 18h30. O dólar futuro, no entanto, continuava em forte queda.

"Quebrou a barreira psicológica de R$ 1,60 e o número agora na análise técnica é de R$ 1,577 (para o dólar futuro)", disse Jorge Lima, consultor financeiro da corretora Previbank DTVM. Às 16h48, o contrato de dólar futuro com mais liquidez era cotado a R$ 1,591.

Além disso, durante o anúncio do aumento do IOF, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, confirmou que não quer tomar medidas "drásticas" no câmbio para não reduzir os investimentos no país, e que prefere "errar para menos do que errar para mais".

Por isso, muitos analistas começaram a rever as projeções para o dólar. "Nós interpretamos a entrevista coletiva do ministro como uma mudança muito importante. Embora ele tenha mantido a retórica de que o governo tem medidas para conter movimentos excessivos no câmbio, ele também admitiu que a valorização do real é inevitável", afirmou a equipe de análise do Barclays Capital, em nota.

Post Relacionados

Sem comentários

RSS de comentários. TrackBack URI

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil